A era das redes sociais

O século XXI foi e está sendo marcado por diversos avanços tecnológicos que revolucionaram as formas de se conectar com o mundo. Dentre elas, está as redes sociais, que a todo momento são lançadas e que já possuem bilhões de usuários. Nesse sentido, essas plataformas impactaram diretamente nas estruturas sociais e hoje em dia são assunto de debates em diversos âmbitos. 

PONTOS POSITIVOS 

O ponto positivo principal quando a discussão é redes sociais é sem dúvidas, a conectividade com o resto do mundo e a possibilidade de construção de novos relacionamentos, bem como a manutenção de relacionamentos já existentes. Nesse sentido, a facilidade com que uma mensagem ou informação chegam para os diversos usuários permite que sempre estejamos próximos de quem amamos e tenhamos acesso ainda ao que ocorre no mundo. 

Ademais, as redes sociais podem ser também um ambiente de aprendizagem e conhecimento. Cada vez mais as pessoas adicionam em seus perfis seus gostos, suas habilidades e assim compartilham dicas de maquiagem, receitas culinárias, roteiros de viagem e até mesmo conteúdos disciplinares. 

Por fim, o entretenimento também é outro ponto forte que liga as pessoas a essas plataformas. Vídeos engraçados, memes, e gifs são compartilhados a todo momento e deixam o dia mais leve e agradável. 

redes sociais
redes sociais Blog QG do Enem

PONTOS NEGATIVOS

Embora tenha diversos pontos positivos, as redes sociais estão sendo consideradas cada vez mais tóxica para a convivência humana. O vício em se manter conectado faz com que os indivíduos percam parte de sua vida real e sofram prejuízos nos estudos, nos trabalhos, nas relações e até mesmo no trânsito, devido ao longo tempo de dedicação à internet. 

Ademais, as redes de relacionamento também se tornaram instrumentos de influência e manipulação, o que pode fazer com que os usuários tenham problemas por exemplo de autoimagem e se sintam pressionados por um ideal de beleza existente apenas nas redes. Um outro exemplo disso é que com o surgimento dos chamados digitais influencers, também implicam em maiores condições de consumo, tendo em vista que a publicidade e a recomendação desses influencers atingem milhões de pessoas que acreditam fielmente em suas palavras.

Além disso, as fakes news também circulam sutilmente entre perfis pessoais e podem desencadear em uma série de desinformação. Isso se reflete principalmente no que se refere a polarização política e ideológica. 

DICA DO PROFESSOR

Para te ajudar a construir um texto com o possível tema analfabetismo em evidência no brasil, convidamos a professora do QG do ENEM, Gab Jardim, para dar algumas dicas. Segundo ela:

“Todas as vezes que uma redação tiver um tema científico e for voltado para o ambiente da internet, vale a pena vocês pensarem em documentários, filmes e propostas culturais que tragam essa pegada do contexto cibernético. Um documentário muito bacana que saiu na Netflix recentemente é o chamado Dilema das Redes, que traz reflexões sobre a gente ser inserido nesse ambiente e quando a gente passa a ficar dependente dessas redes sociais. Sendo uma boa possibilidade para vocês utilizarem na contextualização, bem como filmes que falem sobre o futuro, como os que abordam a inteligência artificial etc.”

“A partir dai a gente pode problematizar quanto a lógica da privacidade e da autonomia se perde no contexto das redes sociais, e muito disso acontece graças a todo esse mercado econômico voltado a produção de publicidade.  Podemos além da economia, a sociedade, que vive numa cultura das aparências e que se potencializa nas redes.”

O post A era das redes sociais apareceu primeiro em Blog do QG do Enem.

 

CURSO HOTMART
ENVIAR